06/03/2020 – Pinda orienta rede de saúde sobre coronavírus e dengue

06/03/2020

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba realizou na tarde desta quinta-feira (5) uma palestra orientativa sobre coronavírus (COVID-19) e dengue, com o médico infectologista Briner Castelli.

O evento foi aberto pela Secretaria de Saúde, Valéria Santos e contou também com a presença do diretor de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Rafael Lamana e do Gerente da Vigilância Epidemeológica, Leonardo Antunes.

Realizado no auditório da Santa Casa de Misericórdia, a palestra reuniu médicos da rede municipal e demais profissionais da saúde, que receberam dados específicos sobre definição de caso suspeito, contaminação, classificação de risco, tratamento e formas de evitar as doenças, além de notificação e condução do protocolo de saúde.

Leonardo Antunes transmitiu o mapa da dengue no município, que atualmente conta com 262 casos confirmados e mostrou as regiões com maior números de registros. “Atualmente os bairros localizados próximos a região central concentram quase metade do total dos casos confirmados no município”.

Sobre o coronavírus, ressaltou-se sobre os critérios para definição de três situações: casos suspeitos, casos prováveis e casos confirmados (aqueles com critério laboratorial, com resultado positivo ou pelo critério clínico-epidemiológico).

Lembrando que caso provável aplica-se a uma pessoa que teve contato domiciliar de caso confirmado laboratorial e com sintomas e caso suspeito para situação de viajante com febre e pelo menos um sintoma respiratório ou contato próximo com caso suspeito ou confirmado para COVID-19, nos últimos 14 dias e com sintomas.

A Secretaria de Estado da Saúde registrou nesta quinta-feira (5) seis casos confirmados do novo coronavírus em São Paulo. Todos estão estáveis, em isolamento domiciliar. São Paulo também registra 182 casos suspeitos e 159 descartados.

Compartilhar: